Templates by BIGtheme NET
Grande Conselho da Ordem DeMolay para o Estado de Minas Gerais - Federado ao SCODRFB

História do Emblema

brasao-demolay1

O Emblema DeMolay (erroneamente chamado de brasão)  foi projetada pelo fundador de nossa grande Ordem: Tio Frank Shermann Land. Ele a projetou como uma insígnia e símbolo que nos reconhecem como DeMolays e representantes dela. Todas as suas partes tem um significado particular, e nós como DeMolays temos o dever de conhecer de cor.

A COROA simboliza a “Coroa da Juventude” e constantemente recorda a um DeMolay das suas obrigações dele e dos Sete preceitos desta Ordem: Amor Filial, Reverência pelas Coisas Sagradas, Cortesia, Companheirismo, Fidelidade, Pureza e Patriotismo.

As DEZ PEDRAS PRECIOSAS que ornamentam a Coroa são em honra ao nosso Tio Frank Sherman Land e os nove jovens cuja amizade os prenderam e os reuniram na formação da Ordem DeMolay. Os Rubis Vermelhos são em honra aos Fundadores que já faleceram. As Pérolas representavam os Fundadores quando vivos. A medida que a “convocação final” chegava a cada um deles, como vem a todo homem, um Rubi Vermelho tomava o lugar de uma Pérola. Atualmente não existem mais pérolas em nosso emblema, pois o último fundador faleceu há poucos anos.

O ELMO é emblema do cavalheirismo que nós como DeMolays exibimos por nossa cortesia e respeito para todas as pessoas e sem a qual não pode haver nenhuma delicadeza de caráter.

A LUA CRESCENTE é um sinal do segredo e constantemente recorda  a nós  DeMolays o dever de não revelar os segredos de nossa Ordem ou trair a confiança de um amigo.

A CRUZ BRANCA DE CINCO PONTAS simboliza a pureza de suas intenções, para que sempre se lembre do lema da Ordem: “Nenhum DeMolay falhará como um cidadão, como líder e como homem.”

AS ESPADAS CRUZADAS denotam justiça, fortaleza e clemência. Elas simbolizam a guerra crescente da Ordem DeMolay contra arrogância, despotismo e intolerância.

AS ESTRELAS que cercam a lua crescente simbolizam a esperança e sempre e nos lembra das obrigações e deveres que um Irmão da Ordem deve a outro.

2010 - 2015 - Copyright. Todos os Direitos Reservados. Créditos